RESPEITO É PRA QUEM TEM

GO-SURF-BLOG-DROP-IN-RABEAR-PESSIMO-EXEMPLO-UFC-FIGHT-PORRADA-NO-SURF-BRIGA-PRA-QUE-ISSO-PQP-001

Não é de hoje que a reputação dos brasileiros segue em decadência mundo a fora. Eu, particularmente, acredito fielmente na teoria de que é preciso respeito para ser respeitado, independente do que o outro faça ou deixe de fazer.

Quem tem a oportunidade de ir para outros países quase sempre se depara com essa situação, uma péssima imagem relacionada ao nosso país e um certo racismo principalmente de aussies e americanos quase sempre acompanhados de xingamentos como “macacos” ou coisa pior. Com o perdão da palavra, mas não sei o que me deixa mais puto com tudo isso, se é essa atitude racista e ignorante dos gringos ou se são nossos brasileiros desrespeitando geral e queimando nosso filme lá fora.

No vídeo em questão o brasileiro é quem rabeia na onda e ainda que não aprove a atitude violenta de Kiwi (surfista rabeado), não possa dar a minha cara a tapa por alguém que perdeu comprovadamente a sua razão. Ok, vi muitos comentários em sites da Austrália que me deram nos nervos, coisa de gente da pré-história e de certa forma ridículo porque enquanto alguns nos chamam de “macacos” outros de nós chamam eles de “cangurus”. Aonde isso vai parar?

Não sou a favor de briga no mar, mas também não defendo o desrespeito. Falem o que quiser, mas nessa situação gravada o brasileiro estava 100% errado e não tem do que reclamar, mas isso também não justifica a atitude do surfista e muito menos as racistas de muita gente que viu a cena ao vivo ou circulando na internet. Não sou ninguém pra julgar o que pode ter acontecido antes da filmagem, mas não adianta defender a pátria sem razão e acredito que olho por olho o surf acabará como um grande UFC.

Confira abaixo o vídeo tão falado na internet:

STOP WAR. GO SURF!

GO-SURF-BLOG-2014-STOP-WAR-GO-SURF-PALESTINA-ISRAEL-GUERRA-ORIENTE-MEDIO-PAZ-PEACE-LOVE-001

Em meio a tantas coisas que circulam diariamente nas timelines do mundo inteiro é muito triste ver que em pleno ano de 2014 ainda tem gente querendo saber de guerra e morte. Essa é uma questão complicada e nem cabe a nós discutir os interesses dos envolvidos nesses conflitos, entretanto cada um de nós pode fazer a sua parte para tentar dar um basta nessa situação.

Dois publicitários brasileiros criam um movimento usando o surf como meio alternativo para pedir a paz nos conflitos em Gaza. O projeto “Stor War. Go Surf.” incentiva combatentes de Israel e Palestina a largarem as guns que matam e pegarem suas gunzeiras pra surfar.

GO-SURF-BLOG-2014-STOP-WAR-GO-SURF-PALESTINA-ISRAEL-GUERRA-ORIENTE-MEDIO-PAZ-PEACE-LOVE-002

Resumidamente, essa é uma proposta de cessar-fogo através da água: água salgada. Afinal, Israel e Gaza têm um litoral com inúmeras praias e altas ondas.

No site www.stopwargosurf.com é possível ver as condições do mar nas praias da região dos conflitos, como tamanho de onda, período e vento.

Os fundadores do projeto, André Araujo e Samuel Normando, resgataram a essência de paz do surf para mostrar que no mar todos somos iguais, através do conceito: “Não há fronteiras no line up”.

GO-SURF-BLOG-2014-STOP-WAR-GO-SURF-PALESTINA-ISRAEL-GUERRA-ORIENTE-MEDIO-PAZ-PEACE-LOVE-003

Confiram abaixo o documentário Promised Land que também associa a questão espiritual do surf com a busca da paz no Oriente Médio. Por que não substituir as ondas de ataques por ondas de verdade? Se você também apoia esse movimento, compartilhe essa iniciativa!

Aloha!

TRAILER: A hierarquia da onda

Como todos já sabem, estamos sempre tentando fortalecer o surf no Paraná e o morador de Matinhos Lucas Lima nos enviou um trailer que pode contribuir ainda mais com o nosso objetivo.

Lucas está produzindo um documentário sobre o localismo do Pico de Matinhos e o domínio sobre as ondas do litoral paranaense.

O curta-metragem conta com a participação de Maicon Rosa, Sanderson, entre outros e a trilha sonora é ao som da banda local Uísque Caiçara.

Aperte o play acima e prepare-se para a estréia do doc.

Aloha!

Por:
Estudante de Jornalismo em Curitiba / PR, professora de Inglês e administradora no blog Go Surf há quase três anos. Namastê!

Mentawai Transparente

GO-SURF-BLOG-MENTAWAI-TRANSPARENTE-INDONESIA-DRONE-SHOT-FILMAGEM-REEF-VIEW-CORAL-001
Os drones invadiram oficialmente o mundo do surf no fim do ano passado trazendo imagens nunca antes vistas de picos no Hawaii, Namíbia, Califórnia e Austrália (vale relembrar clicando aqui).

Mas, ainda com tanta variedade de imagens, ainda faltava reproduzir o paraíso de todo surfista. A Indonésia é mundialmente conhecida pela qualidade das milhares de opções de surf em todo tipo de bancada de coral.

Além da perfeição das ondas, os corais também proporcionam uma beleza natural incrível, o que ganha total destaque nesse vídeo, já que quase sempre as imagens feitas são frontais ou dentro d’água.

Confiram o vídeo abaixo e continuem ligados. Bom dia galera!

Matinhos recebe a segunda etapa do Circuito Paralelas

10527539_10152980570975744_1029216297225174091_n

No próximo sábado, 12, acontece a segunda etapa do Circuito Paralelas & Canfield de Surf Amador no Pico de Matinhos, litoral paranaense. Os atletas entram na água para disputar as categorias Open, Master, Mirim e Feminino.

O prêmio principal do torneio é uma passagem para Fernando de Noronha para o vencedor da categoria Open. A competição conta ainda com pranchas, troféus e kits na premiação.

Confira o que rolou na primeira etapa.

O campeonato é realizado pela DNA em parceria com as LOJAS PARALELAS & PRANCHAS CANFIELD, além da supervisão da Federação Paranaense de Surf e o apoio da Prefeitura Municipal.

O Go Surf estará lá e vai registrar tudo para vocês!!!
Aloha ;)